Seja bem-vindo(a) ao AVRILMIDIA.com, o primeiro site sobre a Avril Lavigne do Brasil. Online desde 2002, somos uma das melhores fontes da internet sobre a cantora com constantes atualizações nas notícias, conteúdo completo e direto, atualizações na galeria de fotos, vídeos legendados, entre outros. Nos esforçamos para trazer aos fãs o melhor e da forma mais clara e objetiva.

Assista ao novo videoclipe de Avril Lavigne, "I Fell In Love with the Devil"

Assista ao novo videoclipe de Avril Lavigne, “I Fell In Love with the Devil”

Uma das melhores faixas do novo disco de Avril Lavigne acaba de ganhar um videoclipe! Dentre as inéditas, a canção também é a favorita da canadense, como ela mesma contou em post no Instagram, depois de surpreender os fãs com uma performance não anunciada da música no programa de James Corden...
Ouça "Head Above Water", o novo álbum de Avril Lavigne!

Ouça “Head Above Water”, o novo álbum de Avril Lavigne!

Head Above Water, o sexto álbum de estúdio de Avril Lavigne, finalmente foi lançado! Após mais de 5 anos de espera, a canadense nos presentou com 12 canções inéditas, incluindo uma parceria inesperada com Nicki Minaj na versão digital do disco, e, mais uma vez, junto de seus colaboradores, esteve à...
Changes?: documentário em homenagem aos 15 anos de carreira de Avril

Changes?: documentário em homenagem aos 15 anos de carreira de Avril

Projeto especial no ar! Há 15 anos, no dia 14 de maio de 2002, Avril Lavigne lançava seu single de estreia chamado Complicated e dava o pontapé inicial no que viria a ser uma longa e bem sucedida carreira. Mas, de lá pra cá, muita coisa mudou. Quando Avril surgiu...

Uma das melhores faixas do novo disco de Avril Lavigne acaba de ganhar um videoclipe! Dentre as inéditas, a canção também é a favorita da canadense, como ela mesma contou em post no Instagram, depois de surpreender os fãs com uma performance não anunciada da música no programa de James Corden em maio.

A produção, que tomou forma no mês seguinte, ficou sob a direção de Elliott Lester, responsável pelo clipe de Head Above Water. Avril contracena com Zane Carney, músico que é um grande amigo e colaborador dela no HAW.

Quando esteve na pré-estreia do filme The Hustle em Los Angeles no mês passado, a cantora aproveitou para conversar com a imprensa no tapete vermelho, e confirmou que até agora não existe nenhum vídeo para Dumb Blonde, que está na trilha sonora do longa, mesmo após afirmar em resposta para fã no Instagram em abril que a parceria com Nicki Minaj ganharia um registro audiovisual. A diretora Hannah Lux, inclusive, havia comentado na publicação, o que só aumentou os rumores.

No entanto, ela relembra que lançou Dumb Blonde em fevereiro junto de um lyric video, e que agora o foco é o novo single, já que gosta muito de I Fell In Love With The Devil, outra faixa do novo álbum, que ela escreveu sozinha e produziu em parceria com Chris Baseford.

“Escrevi essa canção como um lembrete constante para mim mesma de que algumas das pessoas mais sombrias deste mundo podem estar disfarçadas de anjos. Essa faixa vai continuar a me lembrar do meu valor e do que mereço como mulher. Às vezes não é fácil ir embora. Mas estou tão cansada da dor e do sofrimento. Por favor, permita que a minha música seja o seu lembrete em não deixar que os demônios de outra pessoa lhe derrubem. Agora, vou quebrar essa porra de ciclo, enterrar todos os relacionamentos tóxicos e coisas que as pessoas fizeram comigo no passado, PRESENTE e futuro. Vou enterrar a mágoa e trauma crescentes, fechar o caixão e nunca olhar para trás. ⁣Descanse em paz”. 

Avril garante que agora não existem regras, e que está aberta a fazer vários clipes para as músicas do sexto disco. A canadense ainda contou que compôs mais do que nunca nos últimos anos, e que ainda tem feito isso, além de gravar no estúdio que tem em casa.

I Fell In Love with the Devil continua a promover uma grande mudança na escolha do perfil dos singles da canadense, estratégia já adotada nos dois primeiros que divulgaram o 6º álbum, Head Above Water e Tell Me It’s Over. Algo que aconteceu apenas algumas vezes desde 2007.

Este é um momento no qual ela finalmente tem o controle artístico de sua carreira. Depois de se afastar de outras gravadoras que queriam moldar seu som, Avril tem tomado as decisões dos próximos capítulos de sua trajetória, como contou ao The Guardian, em janeiro de 2019:

“A maior parte do tempo na minha carreira, queriam que eu escrevesse outra Girlfriend. Eles não estavam interessados em baladas. É difícil ser uma mulher e ser ouvida e, às vezes, as pessoas não te levam a sério. Eu sou altamente intuitiva e sempre senti que sabia o que era melhor para mim, e por isso tive que encarar diferentes pessoas nessa jornada de quase 17 anos. Eles me diziam: “Você precisa fazer isso assim e tem que alcançar o Top40 das canções mais tocadas”. Então, a gente acaba fazendo aquelas músicas porque precisa, mas no entanto, o melhor no disco são as demais faixas. Eu tive algumas músicas do estilo que eu realmente queria. Sempre amei o pop-rock e isso ainda é quem eu sou. Sigo orgulhosa daquelas músicas, eu as escrevi. Não era como se pessoas tivessem as feito e dado para mim. Era meio que: “Ok, eu entendi. Vocês querem singles nessa direção. Beleza, trabalharei com vocês, mas preferiria fazer outra coisa”. Não dá para a gente ser teimoso e fazer tudo da própria maneira. Não é como se me dissessem o que escrever liricamente”, ela insiste. “Eu sou jovem de coração, um espírito livre e divertida. Amo sair por aí, me divertir, dançar e andar de skate”. Avril então retrata os diversos tipos de música que ela pode escrever: “sobre amor, separação, festa, dança, rock’n’roll, amizade. “Eu sou uma estrela do rock, vadia!”.

Assista ao making of legendado por nossa equipe. Não deixe de se inscrever no canal do AVRILMIDIA no YouTube e nem de conferir as entrevistas da Avril ao Genius e ao Zach Sang Show, na qual detalhou um pouco do processo criativo de seu trabalho. Falando nisso, ela até confirmou It Was In Me como o próximo single e garantiu já estar compondo para um novo disco, que descreveu como “animado, divertido e agressivo, com guitarras e baterias”.

Para a Cosmopolitan Japan (edição de junho de 2019), ela completou: “Venho fazendo música há 17 anos, gosto muito disso, é divertido. Meu objetivo não mudou. Continuo desejando ser uma cantora e compositora que está em constante evolução. Desta vez fiz este álbum, cuja produção demorou três anos, bem consciente disso. Especificamente, eu queria criar uma música que nunca havia feito antes, portando precisava me aprofundar. Teria sido fácil acompanhar o que já era do meu estilo. Neste álbum, fico feliz em me sentir um pouco mais adulta”.

Segundo Avril, I Fell in Love with the Devil conta a história de um relacionamento abusivo pelo qual ela passou. No videoclipe e na canção, ela usa a figura do diabo como uma metáfora para algo ruim. A capa do single foi escolhida através de um concurso com os fãs da canadense. O vencedor é brasileiro e ganhou mil dólares!

Não deixe de ouvir a versão do single de Devil no Spotify:

The following two tabs change content below.
Produtor audiovisual e redator do AVRILMIDIA.com
Noticia anteriorAvril Lavigne anuncia as primeiras datas da Head Above Water Tour Proxima noticiaAvril Lavigne é nomeada embaixadora global das Olimpíadas Especiais