Seja bem-vindo(a) ao AVRILMIDIA.com, o primeiro site sobre a Avril Lavigne do Brasil. Online desde 2002, somos uma das melhores fontes da internet sobre a cantora com constantes atualizações nas notícias, conteúdo completo e direto, atualizações na galeria de fotos, vídeos legendados, entre outros. Nos esforçamos para trazer aos fãs o melhor e da forma mais clara e objetiva.

Assista "Tell Me It's Over", novo videoclipe de Avril Lavigne

Assista “Tell Me It’s Over”, novo videoclipe de Avril Lavigne

Avril Lavigne acaba de lançar um novo videoclipe! Tell Me It’s Over foi escrita pela própria artista com a ajuda dos co-compositores Melissa Bel, Ryan Cabrera, Johan Carlsson e Justin Gray, e também já está disponível nos principais aplicativos de streaming e download. Horas antes de lançar a nova canção, Avril publicou uma...
Confira a capa e tracklist de "Head Above Water", novo álbum de Avril Lavigne

Confira a capa e tracklist de “Head Above Water”, novo álbum de Avril Lavigne

Após mais de 5 anos de espera, finalmente será lançado o sexto álbum de Avril Lavigne, Head Above Water! Ao longo das canções do novo disco, a cantora detalha cada parte do processo e as tribulações de sua doença, de uma perspectiva de triunfo e ressurge mais forte do que nunca....
Assista "Head Above Water", novo videoclipe de Avril Lavigne

Assista “Head Above Water”, novo videoclipe de Avril Lavigne

Nem parece verdade, mas Avril Lavigne está mesmo de volta! A cantora finalmente lançou o tão esperado videoclipe de sua nova música, Head Above Water. Dirigido por Elliot Lester, o vídeo traz a artista cantando sua experiência com a doença de Lyme em meio a cenas filmadas em estúdio e...

Você está em Site > Extras > Entrevistas > Banda Leela.

Veja abaixo uma entrevista exclusiva que o AVRILMIDIA.com fez com a Banda Leela.

___________________________________________________________________________________

2014_entrevistas_leela

Entrevista realizada por: AVRILMIDIA.com.
Ano: 2008.
Descrição: Todos sabem que uma das bandas mais adoradas no meio dos fãs de Avril Lavigne é o Leela, pois tivemos a oportunidade de conhecê-los e saber ainda mais na abertura do show da canadense em 2005. A escolha da própria Avril foi merecida, pela simpatia, e pela boa música da banda nacional.

Por isso, o AVRILMIDIA traz essa entrevista exclusiva com a Banda Leela, que certamente vai agradar a todos os fãs de Avril e mais ainda, aos fãs da própria banda, representada aqui pela vocalista e apresentadora do Nickers, da Nickelodeon, Bianca Jhordão, e pelo guitarrista Rodrigo Brandão!

Os dois integrantes contam mais sobre seus projetos, suas vidas, e não deixa de nos dar o gostinho de “quero mais” relembrando os shows de 2005 – Avril Lavigne, The Bonez Tour. Esperamos que todos vocês gostem!

ENTREVISTA:

AVRILMIDIAOlá Bianca e Rodrigo! Primeiro de tudo, o AVRILMIDIA agradece a colaboração com esta entrevista exclusiva!

AVRILMIDIA – O Leela é hoje, sem dúvida, uma das bandas brasileiras do rock que mais cresce. Qual é essa receita?

BIANCA – Muito trabalho, persistência e amor à música. Podemos nos orgulhar de que nós mesmos somos os diretos responsáveis pelo nosso crescimento. Desde que a gravadora disse que não nos ajudaria com a divulgação, inventamos um “troço” que fez com que a galera lembrasse da gente novamente. Estamos bem contentes com a repercussão do troço todo e vamos continuar seguindo agitando.

RODRIGO – A afirmação na pergunta me deixa muito orgulhoso pois tudo é fruto de muito trabalho e esforço nosso. Isso nos dá mais força para seguir com nossos sonhos, nossa música e nossas ideias, que acreditamos que ainda poucos conhecem. Esperamos alcançar cada vez mais pessoas e que nossa música contribua para entreter e emocionar a todos como nos emociona.

AVRILMIDIA – Em 2005, vocês deram uma entrevista exclusiva ao AVRILMIDIA dizendo que estavam contentes em abrir o show de Avril Lavigne. Hoje, o que você acha que representou para a banda? Dê uma nota de 01 à 10 para o show, desde a abertura até o fim do show da canadense.

BIANCA – Um dos grandes momentos da banda foi, sem dúvida, a turnê que fizemos com a Avril. Ficamos muito contentes de poder tocar nas principais cidades para um grande público e com uma estrutura bacana. Apesar de perrengues que sempre acontecem, podemos dizer que a turnê foi nota 10.

RODRIGO – Representou um grande salto em popularidade para a gente. Uma boa parte dos nossos fãs conheceu a gente durante aquela turnê. E curtimos intensamente aquele final de semana espetacular. Encarar as multidões e ter oportunidade de fazer nosso som pra tantos assistirem foi sensacional. Nota 10 ,sem dúvida.

AVRILMIDIA – Não é novidade que o Leela – merecidamente – abriu o show da cantora Avril Lavigne. Naquela época, a loirinha era a roqueira do momento, e não poderia ser outra banda senão o Leela a abrir tal concerto. Hoje, Avril adotou um estilo mais ‘pink‘, com seus shows repleto de rosa e até dançarinas. O que você acha da mudança? Seria o Leela a banda que mais se encaixaria na abertura de um show hoje em dia para Lavigne? Você gosta desse novo estilo?

BIANCA – Assisto os clipes da Avril no Nickers e posso dizer que curto o novo estilo dela. É interessante que o artista volte com novidades, a cada disco ela precisa se superar. No Leela não temos dançarinas, apenas nós mesmos interpretando nossas canções e, pra gente, isso já é tudo.

RODRIGO – Eu adoraria repetir a dose e tocar de novo com a Avril, seria mais bacana porque somos mais conhecidos e porque acredito que evoluímos desde então. Certamente, faríamos shows melhores ainda do que aqueles. Eu prefiro o estilo mais rock da Avril do que o mais ligado ao hip-hop, apesar de reconhecer o sucesso imenso que ela segue conseguindo, é questão de gosto mesmo porque seu trabalho é muito bem produzido.

AVRILMIDIA – Vários fãs de Avril se tornaram fãs até mais de Leela que Avril no show de 2005, e outros por shows da própria banda. Tudo por mérito da boa música do Leela. Como vocês veem fã-clubes, como Galera do Leela, e de outros artistas? Vocês prezam boas relações com os fãs? Mande um recado para eles.

BIANCA – Um dos principais motivos que nos levam a continuar fazendo música são vocês! Tentamos manter contato sempre que possível, descolar novidades, ouvir ideias de set-list, e trocar ideias com pessoas super bacanas e que tem o mesmo gosto musical que o nosso. Porque todos nós somos amantes de música, seja a banda, sejam os fãs. E os fãs-clubes organizados têm uma força incrível, e que realmente pode ajudar a banda a crescer. Nós é que queríamos agradecer a todos vocês pela força!

RODRIGO – A importância dos fãs no nosso trabalho é imensa. Obrigado por tudo, amo os fãs, me identifico com eles porque tem muito de mim nas canções e uma conexão se estabelece no momento em que alguém curte músicas que ajudei a criar.

AVRILMIDIA – Muitos caracterizam Bianca Jhordão – a primeira vista – como uma mulher de atitude, pela presença de palco, pelo rock. Como você descreveria Bianca Jhordão fora dos palcos? Com tantos shows e trabalhos sobra tempo para a família? e Rodrigo Brandão, como é fora dos palcos?

BIANCA – Engraçado responder essa pergunta. A Bianca é bem caseira, adora cuidar de plantas, cozinhar, gosta de coisas simples como caminhar na praia e deitar na grama. Com a família nosso contato é basicamente feito através da Internet, eu atualizo-os sempre com as fotos do que rola por aqui. Mas a saudade física é que aperta mesmo. Também sei que estou numa fase da minha vida de trabalho intenso e eu adoro trabalhar! Não consigo ficar quieta, sempre invento outras coisas a fazer e depois não sei como administrar. Estava tão estressada que cai de cama por 4 dias com uma dor na coluna. Mas já estou completamente recuperada e feliz com as oportunidades bacanas que a vida me ofereceu!

RODRIGO – Sou viciado no trabalho e na vida com a Bianca. Aliás, tudo se mistura e acho isso um enorme prazer e privilégio, estarmos juntos em momentos tão importantes. Mas adoro ir pro Rio encontrar a família e, sempre que dá, fugimos para lá. E também gasto muito tempo assistindo futebol, acho que me ajuda a matar as saudades do Rio, me traz uma enorme identificação com o local onde vivi tanto tempo.

AVRILMIDIA – Já teve alguma situação engraçada ou constrangedora durante os shows? É hora de abrir o jogo!

BIANCA – O meu maior constrangimento foi quando o microfone bateu na minha boca durante o show e espatifou um pedaço do meu dente da frente! Fiquei super chateada na hora, mas no dia seguinte fui lá consertar e tudo beleza!

RODRIGO – Um momento um pouco complicado ocorreu num show em Manaus, que foi sensacional. Duas pessoas invadiram o palco para agarrar a Bia e eu estava distante para ajudar. Por alguns instantes, rezei para que a segurança resolvesse tudo e pudéssemos seguir com aquele grande show. E tudo deu certo, a segurança foi impecável e tirou os 2 caras na boa e na paz, deu até uma emoção maior.

AVRILMIDIA – Existe alguma diferença entre o primeiro álbum da banda – que teve uma das músicas em Malhação – e o “Pequenas Caixas”? Quais músicas você acha que mais fizeram sucesso? O que espera para um terceiro álbum?

BIANCA – Cada divulgação de um disco é diferente, Pequenas Caixas, por exemplo, entrou na novela da Band, “Água na Boca” e achamos super legal. As músicas que a galera mais conhece são, além de Te Procuro, Odeio Gostar, Pequenas Caixas, Sou Assim, 6 Horas Sem Desculpas, Rádio Blá. Já estamos conversando sobre o próximo álbum, e rascunhando algumas novas canções. A nossa vontade é de que o álbum seja lançado até março, vamos ver o que acontece até lá.

RODRIGO – São trabalhos distintos. Enxergo “Pequenas Caixas” como uma evolução em relação ao primeiro álbum. As que fizeram mais sucesso foram as 3 músicas que promovemos videoclipes (Te Procuro, Odeio Gostar e Pequenas Caixas). A única expectativa que tenho sobre o próximo álbum é que ele seja melhor do que o anterior. Isso acredito que conseguimos com “Pequenas Caixas”.

AVRILMIDIA – “O Troço” é uma nova campanha do Leela que deixa muita gente curiosa. Como foi ter trabalhado nela, e como foi fazer esse novo álbum? Como você vê a banda daqui a 10 anos?

BIANCA – Foi um barato ter inventado o “troço”. Tivemos a ajuda do pessoal da Santa Clara e eles vieram com ideias mais malucas ainda. O projeto ocupou todo nosso tempo mas também estamos nos divertindo à valer com o troço que virou o “troço”.

RODRIGO – Foi trabalhoso e bastante proveitoso, já que conseguimos um sucesso graças a muito esforço próprio. Ficamos orgulhosos com o resultado de nossa iniciativa. Daqui a 10 anos, espero estar motivado a produzir músicas cada vez melhores mas, fora aqui na entrevista, nem penso nisso.

AVRILMIDIA – Vocês tiveram algum contato com Avril Lavigne antes, durante, ou depois do show em 2005? Ela parece ser simpática ou no estilo “arrogante”? Conte-nos como foi vê-la – já que é algo que muitos fãs sonham!

BIANCA – Infelizmente não tivemos nenhum contato com ela. Por onde passa é cercada de seguranças e ela chega de carro direto para o palco e sai do palco direto para o carro e volta para o hotel. Mas trocamos ideia com a galera da banda dela, que foi super simpática. Eles até nos convidaram para uma festinha no hotel, mas ficamos tímidos em chegar lá, heh.

RODRIGO – Não dá pra dizer nada sobre a Avril mas achei um pouco exagerado o esquema de segurança, fiquei com a impressão de que achavam que ela poderia ser atacada ou coisa parecida no Brasil, o que não acontece com estrelas internacionais tão grandes ou até maiores que ela que vieram aqui. Enfim, deve ser diferenças culturais. Mas profissionalmente, seu show e estrutura são impecáveis e tudo rolou na paz.

RODRIGO – Você tem vontade de fazer mais atividades, como TV, teatro, artes, ou outras coisas além de cantar? Algum sonho?

BIANCA – Atualmente tenho feito várias atividades de que realizam: cantar e tocar com o Leela, apresentar Nickers, do canal Nickelodeon (rola de segunda a sexta das 18:30 às 20h), escrever pro Blog da Cidade Web Rock, ser Redatora da Revista Gávea, tocar baixo numa projeto só com garotas (que ainda não tem nome) o meu sonho seria ter mais tempo para fazer muitas outras coisas.

RODRIGO – O bacana da música é que ela pode levar e estar inserida em peças, filmes, trilha para poesia, ambientação de exposições. Gostaria muito de me envolver nessas outras atividades com minhas músicas, são possibilidades que me fascinam.

AVRILMIDIA – Rapidinhas:

Família?
BIANCA – Amo minha família!

RODRIGO – Amo também mas todas têm problemas e temos que aprender a conviver e não nos afastar.

Saudade?
BIANCA – Da praia.

RODRIGO – Do Rio.

Amor?
BIANCA – Rodrigo.

RODRIGO – Bianca (nem dá pra ser diferente, hehe).

Deus?
BIANCA – Energias Positivas

RODRIGO – Deus é a força interna que temos em cada um de nós e em tudo que nos rodeia.

Hobbie?
BIANCA – Tirar fotos, cozinhar.

RODRIGO – Futebol.

O AVRILMIDIA.com agradece mais uma vez pela entrevista e deseja muito sucesso à banda!

BIANCA – Um super beijo pra galera da AVRILMIDIA, valeu!